sábado, 23 de novembro de 2013

Painço

 
Pequeno, redondinho e amarelo, o painço também é chamado de milho alvo e tem sua origem na China. Apesar de ser muito usado para alimentar pássaros, a introdução desse cereal no nosso cardápio ajuda tanto na dieta para controlar do peso quanto na prevenção de diversas doenças.
 
Segundo a nutricionista Joana Lucyk, da clínica Saúde Ativa, em Brasília, o painço pode ser consumido na forma de farinha, como ingrediente de sucos e bolos ou adicionado à comida, assim como se faz com a farinha de linhaça e de banana verde. Confira todos os benefícios que esse grão traz para a sua saúde:


 

Ajuda a emagrecer e controlar o peso

O painço é uma rica fonte de fibras. "Elas ajudam na digestão e no funcionamento do intestino" afirma nutricionista Daniela Jobst, especialista do Minha Vida. Além disso, esses nutrientes dão mais saciedade, deixando a fome longe por mais tempo e favorecendo o emagrecimento.

Protege o coração

Segundo a nutricionista Joana, o painço é fonte de magnésio, um mineral que ajuda a regular o colesterol e a pressão arterial, fatores que podem diminuir o risco de infarto e outras doenças cardíacas. "No entanto, todos esses benefícios só são aproveitados se acompanhados de uma dieta saudável", lembra a especialista.

Controle do diabetes

"As fibras presentes nesse grão ajudam na absorção de glicose pelo organismo ? uma ótima vantagem para quem tem diabetes", diz Daniela Jobst. Segundo a nutricionista, o magnésio é outro nutriente do painço que está envolvido no controle da glicemia, ajudando o portador de diabetes a controlar melhor a doença.

Ossos fortes

Magnésio, manganês e fósforo são os nutrientes do painço que ajudam a manter os ossos mais fortes. "O fósforo e o manganês participam da formação dos ossos, já o magnésio ajuda na absorção do cálcio, essencial para manter a estrutura óssea forte, prevenindo a osteoporose", explica a nutricionista Joana.


Energia para o corpo

Se você anda muito desanimado e sem disposição, deixe de moleza e invista no painço. Segundo Joana Lucyk, ele é rico em carboidratos e fósforo, nutrientes essenciais para que o nosso corpo tenha mais energia. "Quando ingerimos carboidratos, eles se transformam em moléculas de ATP, responsáveis por dar energia para que nossas células funcionem a todo o vapor", diz a nutricionista. "O fósforo também é indispensável para a formação de ATP pelo nosso organismo."

Pedras na vesícula

Esse benefício fica a cargo das fibras, que podem evitar o surgimento de cálculo biliar. "Alimentos ricos em fibras, como o painço, diminuem a absorção de gordura e a secreção de bile, protegendo a vesícula dos cálculos", diz a nutricionista Joana.

Câncer de mama

"Assim como a linhaça, o painço possui lignanas, substâncias capazes de regular os hormônios femininos, principalmente na menopausa e em períodos menstruais", diz Daniela Jobst. Com os hormônios regulados e uma alimentação saudável, os riscos de câncer de mama poderão ser bem menores.

Antienvelhecimento

O painço é rico em antioxidantes, essenciais para a varredura de radicais livres no organismo. "Os radicais livres são substâncias constantemente produzidas pelo corpo que danificam as estruturas celulares, comprometendo o seu funcionamento e favorecendo o aparecimento de doenças", diz a nutricionista Joana.

Felicidade em dobro

Fonte de uma substância chamada triptofano, o painço ajuda na produção de serotonina, hormônio responsável pelo bom humor. "O magnésio, também presente no painço, ajuda na conversão do triptofano para serotonina", diz a nutricionista Daniela. Por isso, que come painço tem felicidade dupla, já que ingere tanto o triptofano como também o magnésio.


O painço é usualmente utilizado na alimentação de pássaros, mas, o que poucas pessoas sabem, é que este composto de grãos e cereais apresenta nutrientes muito benéficos à nossa saúde. O painço é fonte de magnésio, triptofano, manganês e fósforo. É também rico em proteínas, assim como o trigo, porém não contém glúten, sendo uma boa opção na dieta dos celíacos.
 
É um cereal de fácil ingestão devido seu baixo teor de gordura. A proteína torna lenta a absorção de carboidratos e, dessa forma, diminui e índices glicêmicos, aumentando a saciedade e diminuindo a velocidade da formação de gorduras. Além disso, é matéria prima na formação de massa muscular, tecido conectivo, tecido conjuntivo assim como colágeno. 
 
Por ser uma fonte de fibras, o painço ajuda na absorção da glicose pelo organismo, vantagem aos diabéticos. Lembrando que alimentos ricos em fibras proporcionam ao organismo, maior sensação de saciedade, redução do colesterol, melhor digestão e funcionamento do intestino, auxiliando no emagrecimento. 

Devido à presença de magnésio, o painço proporciona redução na pressão arterial, diminuindo o risco de infarto. O papel do magnésio é auxiliar no metabolismo da glicose, na síntese de proteínas, na produção de energia para as células e transmissão de impulsos elétricos. Além disso, ele é essencial para a fixação do cálcio nos ossos. Está envolvido na fisiologia do sistema cardiovascular também. 
O fósforo presente no painço faz do cereal uma fonte de energia e concentração, além de fortalecer os ossos.
Existem alimentos que possuem nutrientes que vão ajudar a produzir o neurotransmissor da felicidade, do bem estar e da saciedade chamado de serotonina. Estes alimentos possuem um aminoácido chamado de triptofano que é precursor, isto é, que vai formar serotonina. O magnésio é co-fator na conversão do triptofano para serotonina. É essencial, por que a ausência limita a produção de serotonina assim como a ausência do triptofano que é a matéria prima pura para formar serotonina. Felicidade dupla ao consumidor de painço que não só apresenta magnésio como o triptofano em sua composição.
 


Nosso organismo necessita da energia ATP para funcionar e a presença de fósforo na dieta, garante a formação dessa energia. O fósforo presente no painço faz do cereal uma fonte de energia e concentração, além de fortalecer os ossos.  

Prevenção contra o câncer

Outro ponto importante é sua ação preventiva ao câncer de mama, devido a presença de antioxidantes e fibra Mulheres a partir da pré-menopausa devem ter uma dieta rica em fibras e antioxidantes e o painço, oferece ainda, a proteção das lignanas. As lignanas possuem fitoestrógenos capazes de regular os hormônios femininos, principalmente na menopausa e períodos pré-menstruais, ajudando a diminuir as flutuações hormonais.

Com tantos benefícios à nossa saúde, minha dica de consumo é uma colher de sopa, duas vezes por semana, em saladas ou sua farinha em bolos, tortas, mingaus, sopas. Mas cuidado com o exagero. Consumir painço excessivamente pode causar diarreia devido a presença das fibras em sua composição e afinal, exageros nunca fazem bem.

O Painço é um dos grãos mais antigos e nutritivos do mundo. Originário da região da etiópia nos tempos pré-históricos, foi mencionado na bíblia como um ingrediente do pão ázimo. Usado antigamente como ração para aves e forragem de granjas no Ocidente, vem atualmente ganhando popularidade como alimento saudável também para seres humanos.

É possível usar o painço para preparar praticamente tudo, desde cereais ensopados e pães até guisados, pilafs (arroz com especiarias) e recheios. Você pode prepará-lo como acompanhamento, misturando-o com legumes, ou combiná-lo com uma variedade de temperos e outros grãos para fazer saladas sofisticadas.

 O sabor delicioso, levemente adocicado e semelhante ás nozes torna o painço ideal para muitas receitas. antes de cozinhar, lave bem os grãos e descarte os que estiverem danificados. cozinha três partes de água para cada parte de painço por cerca de 30 minutos, até que toda a água seja absorvida. desligue o fogo e deixe tampado por mais 10 minutos.

 Se os grãos forem postos de molho antes de serem cozidos, o tempo de cozimento cairá para 5-10 minutos.
 
fonte
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.