sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Alimentos que reduzem a barriguinha


O abdômen é recipiente natural de gordura corporal - Essa área é preocupante para a saúde e estética da mulher, que quando se descuida pode criar os famosos ‘pneuzinhos’, gerar problemas orgânicos e atrasar o metabolismo, que se preocupa em queimar o acúmulo de gordura.

Porém, nada está perdido. Além dos exercícios sempre recomendados para melhorar o nosso desempenho corporal, alguns alimentos também são altamente indicados para a eficácia na redução da gordura abdominal.

"Uma alimentação associada ao consumo adequado de fibras (principalmente solúvel) e a atividade física podem ajudar no emagrecimento e na redução de gordura como um todo", afirma a nutricionista Ariane Machado. Ou seja, as fibras solúveis são ótimas destruidoras de gordura em geral e não somente no abdômen, porém, como nos explicou a profissional: "A gordura abdominal tem maior facilidade para responder ao mecanismo das fibras solúveis, refletindo no peso e na diminuição do perímetro dessa área".

Para entendermos como funciona o processo que esses agentes provocam no nosso organismo, a especialista ensina: "As fibras solúveis retardam o esvaziamento gástrico, são responsáveis pelo aumento da viscosidade do conteúdo intestinal e pela redução do colesterol plasmático". E continua: "As mesmas formam uma camada de proteção à mucosa do estômago e do intestino delgado, dificultando absorção de gordura, podendo reduzir o colesterol sanguíneo e os lipídios teciduais."

A nutricionista lembra ainda que as fibras solúveis fornecem a sensação de saciedade. Dessa forma, nos alimentamos menos e consequentemente contribuímos com o emagrecimento. Daí a explicação de que certos alimentos que contêm essas fibras podem reduzir a gordura abdominal e até ajudar a perder alguns quilinhos.

Dra. Ariane nos conta que as fibras solúveis são: B-glucano, pectinas, gomas, mucilagens, psyllium e algumas hemiceluloses. Os alimentos que contêm essa característica e que podemos (e devemos) adicionar à nossa rotina são: aveia, laranja com bagaço, goiaba, maçã, pêra, manga, ameixa, feijão, ervilha, lentinha e couve de Bruxelas.

Está na hora de criarmos o hábito de nos preocuparmos mais com nossa saúde e por que não começar agora? Vai da nossa imaginação inovar no prato do dia. Esses ingredientes podem ser inseridos no cardápio do café da manhã, do almoço, do jantar e em diversas sobremesas. Agora que você já sabe como emagrecer com saúde, aproveite!

As medidas convencionais para deixar a “barriga chapada” muitos de nós já conhecemos, afinal o assunto já vem sido discutido há tempos: beber oito copos de água ao longo do dia, se alimentar a cada três horas, comer fibras insolúveis diariamente (cereais integrais, sementes, cenoura, pepino) e evitar doces, massas e frituras após ás 18h. Se você tem esses hábitos alimentares, ótimo... já é meio caminho andado!

QUE ALIMENTOS PODEM “DIMINUIR” A BARRIGA?

É impossível não mencionar a importância de um funcionamento intestinal regular (no mínimo 1 vez ao dia, sem esforço). E para que isso ocorra é preciso tomar água e ingerir em torno de 25 a 30 gramas de fibras solúveis e insolúveis por dia.

FIBRAS SOLÚVEIS
EFEITO: absorvem água, colaboram com a consistência macia das fezes e aumentam o bolo fecal.
ONDE ENCONTRAR: aveia, leguminosas frescas e secas como feijão, grão-de-bico, fava, lentilha e soja, frutas frescas –laranja (com bagaço e a parte branca), mamão, pêra, uva, figo, maçã, manga, ameixa fresca, mexerica, abacaxi, banana-prata etc; e frutas secas.

FIBRAS INSOLÚVEIS
EFEITO: além de aumentarem o bolo fecal, evitam a reabsorção da água pelo intestino e auxiliam no peristaltismo (movimento intestinal para eliminação das fezes).
ONDE ENCONTRAR: cascas de frutas e cereais integrais, farelo e gérmen de trigo, alface, acelga, agrião, aipo, escarola, espinafre, nabo, repolho, rabanete, cenoura, mostarda, brócolis, pimentão e outros.

SEMENTES E FRUTOS OLEAGINOSOS
EFEITO: promovem a lubrificação intestinal.
ONDE ENCONTRAR: nozes, avelã, amêndoas, castanhas, amendoim, pistache, sementes de gergelim, linhaça.

LAXANTES NATURAIS
Ameixa, mamão e tamarindo contêm uma substância laxativa que não é prejudicial ao intestino. Por isso podem ser consumidos regularmente.
O NUTRIENTE QUE TIRA A FOME E A BARRIGA

-FENÓIS: O QUE FAZEM?
Aumentam a queima de energia ao regular as glândulas renais e a tireoide.
ONDE ENCONTRAR? Cereja, damasco, kiwi, maçã, morango.

-LIGNANAS: O QUE FAZEM?
Reduzem o armazenamento de gordura na barriga e no quadril; amenizam a TPM e os sintomas de menopausa; diminuem o risco de  câncer de colo, ovário e mama.
ONDE ENCONTRAR? Castanha de caju, gergelim, óleos, girassol e linhaça.

-LIMONOIDES: O QUE FAZEM?
Aumentam a produção de bílis (que dissolve a gordura); estimulam o fluxo linfático para reduzir a celulite; aumentam a imunidade e diminuem risco de AVC.
ONDE ENCONTRAR? Frutas cítricas, como laranja, limão e mexerica.

-SULFORAFANE: O QUE FAZ?
Ajuda o fígado a queimar gordura; previne o envelhecimento precoce aumenta a libido; reduz o risco de diabetes, de doenças do coração e de câncer.
ONDE ENCONTRAR? Brócolis e vegetais verde-escuros.

-ANTOCIANINAS: O QUE FAZEM?
Aceleram o metabolismo e estimulam a queima de açúcar. Também ajudam na concentração e no fortalecimento da memória.
ONDE ENCONTRAR? Abacate, berinjela, cereja, manga e uva.

-CAROTENOIDES: O QUE FAZEM?
Equilibram as taxas de açúcar no sangue; diminuem e estimulam o uso da gordura armazenada. Melhoram a visão; protegem a pele do sol; aumentam a fertilidade.
ONDE ENCONTRAR? Abóbora, cenoura, melão, melancia e tomate.

-REVERASTROL: O QUE FAZ?
Reduz a gordura da barriga e aumenta a sensação de saciedade. Diminui o colesterol; melhora a circulação; diminui o risco de doenças cardíacas e de AVC.
ONDE ENCONTRAR? Amendoim, uva vermelha e vinho tinto.

-ALICINA: O QUE FAZ?
Auxilia o fígado a queimar gordura; reduz o colesterol ruim; melhora a pressão sanguínea.
ONDE ENCONTRAR? Alho, alho-poró, cebola e cebolinha.
DICAS PARA MODELAR A BARRIGA

Como fazer da alimentação sua aliada na hora de perder a barriga e manter a forma, modelando o corpo.
COMA: Saladas cruas- As fibras das hortaliças ajudam no controle do colesterol e na manutenção do peso adequado, sem acúmulo de gorduras na barriga. Peixes de águas profundas.- Salmão, atum, bacalhau e sardinhas dentre outros são ricos em ômega 3, que protegem de obstruções coronárias e de acúmulo de gorduras no abdômen. BEBA: Vinho tinto – Um cálice de vinho tinto promove uma benéfica vasodilatação, estimulante da libido e do bem-estar geral. Em excesso torna-se nocivo à saúde e à boa forma.

POSTURA CORRETA

Uma postura correta, com contração constante do abdômen é tão importante quanto os exercícios abdominais.

NÃO BEBA ÁGUA NAS REFEIÇÕES

A água tomada junto ás refeições prejudica a digestão. Leva à estagnação dos alimentos no estômago e nos intestinos, com acúmulo de gases e dilatação de alças intestinais. EVITE BEBIDAS GASOSAS, pois aumentam a concentração de gases no tubo digestivo e dilatam a barriga. EVITE CERVEJA E CHOPE, pois dilatam o estômago...

  • Alimentos Mágicos

O que pouca gente sabe é que existem alguns alimentos que funcionam como “mágicos” no quesito reduzir a circunferência abdominal. A especialista explica quais são eles. Confira e deixe a barriga retinha:

Batata Yacon – é uma raiz tuberosa de sabor adocicado (semelhante a pêra e ao melão), que deve ser consumida 100g antes das refeições, crua em cubinhos ou fatiada associada a 200 ml de água.

Propriedades: é rica em oligofrutose, um açúcar não absorvido pelo organismo, de baixo valor calórico. Esse alimento reduz as bactérias patogênicas do intestino, alivia a constipação intestinal, diminui os níveis séricos de glicose, evita a formação de cárie dentária e promove a saciedade plena quando ingerida concomitantemente com água;

Chá de Guarcínia com Oliveira – a Guarcínia contem o ácido hidroxicítrico que age como bloqueador de gorduras e moderador de apetite, por estimular a produção de serotonina. Quando associado às folhas da árvore da azeitona, o valor nutricional do chá quadriplica porque torna-se uma bebida rica em minerais como zinco, magnésio, potássio, fósforo, cobre e selênio, que estimulam o metabolismo a eliminar a gordura, principalmente as viscerais, que encontram-se na região abdominal. Deve-se ingerir no máximo três xícaras por dia, e não utilizar adoçante. Para melhorar o sabor e aumentar o potencial diurético, recomenda-se acrescentar cascas de abacaxi durante o processo de fervura, que deve levar mais de 15 minutos;

Proteína do soro do leite isolada - é uma proteína que contem todos os aminoácidos essenciais em quantidades elevadas e isenta de carboidrato ou gordura, o que a torna altamente digerível, potencializando a síntese de fibras musculares e aumento da massa muscular. Pode ser utilizado como substituto do jantar, porque é altamente sacietogênico, batido com iogurte light e com fruta laxativa, como mamão. A redução das medidas podem ser observadas em apenas sete dias;

Leite fermentado – é uma bebida levemente ácida simbiótica porque apresenta bactérias de ação probiótica e prebiótica no organismo humano. Essas substâncias promovem a manutenção da flora bacteriana, melhorando além do trânsito intestinal, a redução da absorção de gordura e melhoria da imunidade. Deve ser ingerido em jejum pela manhã, juntamente com 200 ml de água. Aguardar 10 minutos para fazer a refeição do desjejum. 
O cardápio ideal para quem quer ter uma barriga chapada...

Desjejum: 1 copo de água + 1 unidade de leite fermentado com lactobacillus

Café-da-manhã: 1 copo de suco de laranja sem coar + 1 xícara de chá de oliveira com garcínia + 1 fatia de pão de forma integral com queijo tipo cottage light + 1/2 mamão papaia com 1 c. de café de mel

Colação: 1 iogurte light ou com lactobacillus 0% de gordura

Almoço: 100g de Batata Yacon + 1 copo de limonada sem açúcar; 1 prato fundo de vegetais folhosos verdes crús + 2 c. de sopa de cenoura crua ralada + 2 tomates cerejas + 1 c. de chá de azeite extra-virgem para temperar + 1 c. de chá de vinagre de maçã para temperar. 1 filé (200g) de frango, peixe, ou boi, grelhado, assado ou cozido, temperado com alho e cebola. 2 c. de sopa de arroz integral ou legume cozido / refogado / purê; 2 c. de sopa de feijão vermelho; 4 uvas roxas de sobremesa.

NÃO INGERIR LIQUIDOS DURANTE ESSA REFEIÇÃO

Lanche: 1 xícara de chá de oliveira com garcínia com pedaços de casca de abacaxi; 3 castanhas-do-Pará
3 damascos secos ou 3 ameixas pretas secas

Jantar: 100g de batata yacon + 200ml de água; 1 copo de iogurte light batido com 2 c. de sopa de Proteína de soro de leite isolada + 1 banana d´água + 1 c. de sobremesa de aveia em flocos grossos

Ceia: 1 maçã com casca
FONTE

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Semente do linho


Semente do linho, mas conhecida como linhaça, tem propriedades anticancerígenas e antioxidantes - Nutricionista explica por que o óleo e a farinha de linhaça são alimentos funcionais que combinam com um estilo de vida saudável.

A semente do linho (Linum usitatissimum), também conhecida como linhaça, é um dos mais importantes alimentos funcionais que podemos incluir na nossa alimentação. Sua origem é asiática, da região da Mesopotâmia, e os relatos de sua utilização remontam a milhares de anos antes de Cristo (5 mil A.C.).

Segundo a nutricionista da farmácia online Desejo Saúde http://www.desejosaude.com.br/, Alessandra Rocha, a funcionalidade dessa herbácea se deve aos benefícios que traz à saúde. “Com aproximadamente 39% de óleo em sua composição, a semente de linhaça é um dos alimentos mais ricos em ômega 3 de toda a natureza (cerca de 57%) e de ômega 6. O balanceamento ideal na quantidade desses dois ácidos graxos é que permite a produção das prostagladinas, responsáveis pela remoção do excesso de sódio dos rins. Ou seja, ao ingerirmos óleo ou farinha de linhaça, conseguimos diminuir a retenção de líquidos no corpo”, ela afirma.

Além do altíssimo teor de ácidos graxos essenciais ômega 3, ômega 6 e ômega 9, a linhaça contém compostos anticancerígenos, antioxidantes e de renovação celular, importantes para a prevenção de uma série de doenças.

Incluir a linhaça na alimentação diária previne também as enfermidades cardiovasculares, por meio da redução do colesterol ruim e seu consequente acúmulo nas artérias. Além disso, ela melhora o funcionamento do metabolismo, contribui para a estabilidade dos níveis de glicemia nos diabéticos e, por conta das propriedades antioxidantes, ajuda a retardar o envelhecimento. Em sua composição estão presentes altas taxas de fibras solúveis, vitaminas C, E, B1, B2, caroteno, zinco, ferro, magnésio, potássio, cálcio e fósforo.

Como consumir?

A semente de linhaça pode ser consumida nas formas de óleo ou farinha. O óleo é extraído da semente inteira e comercializado em cápsulas, que costumam ser indicadas em tratamentos dermatológicos e antiinflamatórios, a fim de suplementar a necessidade de ácidos graxos no organismo.

Já a farinha da linhaça pode ser encontrada em dois tipos: marrom ou dourada. Do ponto de vista nutricional, elas são semelhantes. O que as diferencia é a forma de cultivo e o sabor. A linhaça dourada é cultivada em regiões frias e seu sabor é mais suave, enquanto a marrom possui uma casca mais resistente e é cultivada em regiões de clima quente e úmido, o que explica seu cultivo maior no Brasil.

O ideal é consumir o óleo puro de linhaça, em pequenas quantidades, ou adicionar a farinha moída na hora aos sucos ou iogurtes. Há ótimas receitas de bolos, como por exemplo o de maçã, com farinha de linhaça, aveia, uvas passas, ovos, leite desnatado e açúcar mascavo. Se for diabético, utilize adoçante culinário no lugar do açúcar”, ensina Alessandra.

Aliada no emagrecimento

Para quem quer perder peso com saúde, a linhaça é um complemento alimentar nutritivo e eficaz. Após seu consumo, o cérebro produz um hormônio chamado colecistocinina, responsável pela sensação de saciedade. “O consumo regular da linhaça comprovadamente acelera o funcionamento do intestino, ajudando na eliminação das toxinas”, afirma Alessandra.

Pessoas que sofrem com intestino preso podem consumir até 2 colheres de sopa de farinha de linhaça por dia, em shakes batidos com frutas, sucos e em refeições mais pesadas como o almoço. Ela também pode ser adicionada ao feijão, à farofa ou outros alimentos. E quem tem um bom funcionamento intestinal deve consumir apenas 2 colheres de sobremesa por dia.

O consumo excessivo deve ser evitado. Para que os resultados da dieta, seja de emagrecimento ou outras, sejam positivos, a inclusão da linhaça deve ser equilibrada. Além de combater o sobrepeso, reduzir o colesterol e melhorar o intestino, algumas pesquisas também relacionam o consumo da linhaça à saúde da pele e dos olhos. “A saúde da pele reflete o bom ou o mau funcionamento do organismo”, Alessandra completa.

Suplementos alimentares à base de linhaça podem encontrados na farmácia online Desejo Saúde (http://www.desejosaude.com.br/), do Grupo Sare, dedicada à venda de suplementos alimentares, produtos para atletas, equipamentos e aparelhos de saúde, além de produtos voltados ao bem estar e perfumaria. O portal traz informações sobre suplementação, dietas, exercícios físicos, dicas de nutrição e bem estar. O público do site é formado por pessoas que se preocupam com saúde e beleza.

Fundado em 2007 e 100% nacional, o Grupo Sare é um dos maiores grupos de farmácias online do Brasil. Com a farmácia física localizada na movimentada Rua do Oratório, em São Paulo, o Grupo mantém três farmácias online com portfólios distintos e complementares: Sare Drogarias, Online Farma e Desejo Saúde. O Grupo Sare tem parcerias com alguns dos principais laboratórios nacionais e estrangeiros e disponibiliza na Internet um completo portfolio de medicamentos e produtos para a saúde, que são entregues diariamente para todo o território nacional.

FONTE