terça-feira, 18 de outubro de 2016

vitamina C


O açúcar refinado, a farinha branca e o óleo sempre encabeçam a lista de alimentos que engordam. No entanto, recentes descobertas científicas revelam que a carência de vitamina C (ou ácido ascórbico) no organismo também favorece o acúmulo de gordura, especialmente a abdominal. Segundo a nutróloga Carol Johnston, o poder é da carnitina, uma molécula produzida pelo corpo que tem a função de combater o acúmulo de gordura, colocando-a dentro das células para que seja utilizada na produção de energia. O grande porém da história é que tal substância só consegue ser sintetizada pela vitamina C... Entendeu, o tamanho da importância de manter o estoque ideal do nutriente no organismo?

Inimigos ocultos

O colágeno e o ferro também utilizam a vitamina C na sintetização. Isso significa maior consumo do ácido ascórbico. “O problema é que se ele anda escasso no corpo, torna-se insuficiente para esse trabalho, atrapalhando o bom funcionamento do metabolismo”, diz Debora Almeida, nutricionista da rede de academias Contours (SP).

O estresse é outro “vilão” que consome a vitamina, diminuindo a sua quantidade. Explicando: o estado de alerta em que ficamos nos momentos de tensão libera o hormônio cortisol. Para se defender dele, as glândulas suprarrenais (que ficam logo acima dos rins) absorvem grandes quantidade de vitamina C. Mais: segundo o médico Mehmet Oz, pesquisador da Universidade de Columbia (EUA), essas glândulas secretam o cortisol diretamente para a gordura abdominal, aumentando o depósito de lipídeos ali. Estudos mostram que o hormônio do estresse ainda eleva os níveis de insulina no sangue, favorecendo o acréscimo de gordura, sobretudo, na barriga.

O cortisol dificulta o crescimento de massa magra (que mantém o metabolismo acelerado, queimando calorias) e também dispara a vontade de comer. “O hormônio provoca uma frequente sensação de fome como uma maneira de compensar o desgaste que o corpo sofre com o stress”, completa a nutricionista Maristela Strufaldi, da Universidade de São Paulo (USP).

Acerte a dose
Nosso corpo não produz vitamina C – ele a assimila a partir da ingestão de alimentos ricos no nutriente ou de suplementos orais (pílulas indicadas por um médico, se necessário). A melhor maneira de mantê-la em alta é comer, diariamente, em todas as refeições, itens com grandes quantidades de ácido ascórbico. Comece o dia com um suco de laranja, coma uma goiaba após o almoço e encha o prato de vegetais, como brócolis e couve, no jantar. De quebra, prevenirá problemas de coração, lesões na gengiva, tumores e outros males do envelhecimento, além de ficar menos suscetível a infecções. 


Menu vitaminado

Café da manhã
• 2 fatias de pão integral com margarina light (ponta da faca)
• 1 xíc. (chá) de leite desnatado com café e adoçante • 1/2 mamão papaia

Lanche da manhã
• 1 garrafinha (180 ml) de iogurte de morango light • 5 amêndoas

Almoço
• 4 colheres (sopa) de arroz branco
• 1/2 concha de feijão
• 1 filé médio de frango grelhado
• 3 col. (sopa) de chuchu refogado
• 1 prato de sobremesa com alface, tomate e cenoura
• 1 col. (sobremesa) de azeite para regar
• 1 laranja

Lanche da tarde
• 3 biscoitos água e sal • 1 col. (sopa) requeijão light
• 1 copo (200 ml) de água de coco

Jantar
• 3 colheres (sopa) de arroz integral
• 1 bife pequeno de carne bovina
• 3 col. (sopa) de abobrinha refogada
• 1 prato de sobremesa com alface e tomate
• 1 col. (sobremesa) de azeite para regar a salada
• 1 mexerica


A vitamina C, cujo nome técnico é ácido ascórbico, é uma vitamina hidrossolúvel, ou seja, é solúvel em água. A substância foi descoberta em 1932 pelo cientista e bioquímico húngaro Albert Szent-Gyöygyi. Ela não pode ser sintetizada pelos seres humanos, sendo assim, a única maneira de obtê-la é pela alimentação.

Após ser ingerida, a vitamina C participa de diversas ações bioquímicas vitais para o organismo. Ela melhora o sistema imunológico, a pele, o humor e evita problemas oftalmológicos e derrames. O nutriente também conta com forte ação antioxidante, combatendo os radicais livres.

Este nutriente pode ser obtido especialmente em algumas frutas, como a laranja, goji berry, acerola, kiwi e goiaba, e verduras, como a couve e o brócolis.

Benefícios comprovados da vitamina C

Melhora a imunidade: A vitamina C aumenta a produção de glóbulos brancos, células que fazem parte do sistema imunológico e que tem a função de combater microorganismo e estruturas estranhas ao corpo. O nutriente também aumenta os níveis de anticorpos no organismo. Assim, o nutriente ajuda a fortalecer o sistema imunológico, deixando nosso corpo menos suscetível a doenças.

Um estudo publicado no Annals of Nutrition & Metabolism observou que a vitamina C de fato melhora o sistema imunológico. Outras pesquisas também observaram os mesmos resultados.

Evita o envelhecimento da pele: A vitamina C evita o envelhecimento da pele por ser essencial para a produção natural de colágeno pelo organismo. O colágeno é uma proteína que proporciona sustentação e firmeza para a pele. Além disso, a vitamina C tem ação antioxidante, ou seja, neutraliza os radicais livres, protegendo a pele contra a degradação de colágeno.

Uma pesquisa publicada no Archives of Otolaryngology - Head com 19 voluntários observou que o uso tópico de vitamina C diminui os danos na pele causados pelo sol.

Proporciona resistência aos ossos: Isto ocorre porque a vitamina C é necessária para a produção de colágeno. Esta proteína além de ser benéfica para a pele, também proporciona resistência aos ossos, dentes, tendões e paredes dos vasos sanguíneos.

Melhora a absorção de ferro: A vitamina C aumenta a biodisponibilidade de ferro não-heme, aquele de origem vegetal, no organismo. O ferro é importante para prevenir a anemia ferroriva que causa um estado de desânimo, lentidão de raciocínio, falta de foco e sonolência acentuada. Em crianças a ausência do nutriente pode causar o retardo do desenvolvimento cognitivo.

Evita problemas de visão: A vitamina C contribui para prevenir problemas de visão em decorrência do envelhecimento. Isto porque o nutriente é um dos fatores para a prevenção da degeneração da mácula, parte da retina responsável pela percepção de detalhes. Outros nutrientes que evitam o problema são betacarotenos, vitamina E, zinco e cobre.

Uma pesquisa publicada no The American Journal of Clinical Nutrition feita com 3654 pessoas observou que consumir boas quantidades de vitamina C ajuda a prevenir o desenvolvimento da catarata.

Previne derrames: A vitamina C mantém as concentrações de colágeno e elastina, que em boas quantidades evitam a ruptura de coágulos e a formação de placas nas artérias. A ação antioxidante do nutriente também ajuda indiretamente, pois mantém a ação de óxido nítrico, substância que faz com que as artérias e veias fiquem relaxadas.

Ação antioxidante: A vitamina C é um poderoso antioxidante que combate os radicais e assim diminui os riscos de diversas doenças, entre elas o câncer e processos degenerativos associados com a idade.

Previne e melhora gripes e resfriados: Alguns estudos já apontaram que a suplementação constante de vitamina C provoca redução na duração dos sintomas do resfriado. Afinal, quando o sistema imunológico está debilitado, como em situações de gripes ou resfriados, a quantidade de vitamina C está menor e é importante fazer a reposição do nutriente.

O ideal é que a pessoa tenha sempre níveis de vitamina C adequados, assim o sistema imunológico fica fortalecido e os riscos de contrair doenças, como a gripe e o resfriado diminuem.

Um estudo da Universidade de Helsinki na Finlândia revidou outras 23 pesquisas sobre a vitamina C que envolveram mais de 6.000 pessoas no total. O levantamento concluiu que boas quantidades do nutriente no organismo fazem com que a pessoa fique resfriada por menos tempo e com os sintomas atenuados.

Benefícios em estudo da vitamina C

Diminui o estresse: A vitamina C ajuda a diminuir os quadros de estresse. Isto porque o nutriente é essencial para a produção de hormônios de resposta ao estresse como o cortisol, histamina e norepinefrina.


A laranja é uma boa fonte de vitamina C

Um estudo publicado no International Journal of Sports Medicine feito com 45 maratonistas observou que a suplementação com vitamina C ajudou a reduzir os níveis de cortisol no organismo dos atletas. Já pesquisadores da Universidade do Alabama realizaram estudos com animais e observaram que nestes casos a vitamina C contribuiu para a diminuição do estresse.

Melhora o humor: A vitamina C contribui para a melhora do humor. O benefício ocorre porque este nutriente é essencial para a produção de neurotransmissores como a serotonina, adrenalina, noradrenalina e dopamina, todos eles regulam o nosso humor.

Contribui para a queima de gorduras: A vitamina C é importante para a produção de carnitina, substância responsável pelo transporte de gorduras para serem queimadas e transformadas em energia.

Deficiência de vitamina C

Um dos problemas de saúde ocasionados pela falta de vitamina C é o sistema imunológico enfraquecido, que é caracterizado por gripes e resfriados frequentes. Outra complicação é o escorbuto, doença que provoca problemas nas articulações, inchaço, inflamações nas gengivas, perdas dos dentes, hemorragias, feriadas que não cicatrizam e sistema imunológico deteriorado, podendo em casos extremos levar até a morte.

Quando consumida nas quantidades orientadas a vitamina C não interage com outras substâncias.

Efeitos colaterais

Ao ser ingerida nas quantidades recomendadas a vitamina C não tem efeitos colaterais.
Combinações da vitamina C

Vitamina C + ferro: A presença da vitamina C melhora a absorção de ferro no organismo. Isto porque o nutriente leva à mudança do estado de oxidação do ferro, de íon férrico para íon ferroso, tornando a absorção dele mais fácil. Além disso, a vitamina C influencia no transporte e no armazenamento do ferro no organismo.

Fonte de vitamina C

As frutas e vegetais são as melhores fontes de vitamina C. Sendo que as mais ricas no nutriente são a camu-camu (fruta da Amazônia) e acerola. Além disso, o nutriente também está presente na goiaba, kiwi, morango, laranja, goji berry, cranberry e caju e em vegetais como o pimentão, o brócolis e a couve de Bruxelas.


O goji berry é a maior fonte conhecida de vitamina C

Confira o quanto consumir de cada um desses alimentos para obter as quantidades necessárias do nutriente, 90 mg de acordo com o Recommended Dietary Allowances do Governo dos Estados Unidos:

Laranja: 1 unidade e meia
Goiaba: meia unidade
Acerola: uma unidade
Pimentão vermelho: 1 unidade pequena ou 1 terço de xícara picada
Kiwi: 1 unidade e meia
Brócolis cozido: 1 xícara
Morango: 15 unidades médias
Tangerina: 2 unidades
Goji berry: 45 gramas

Fonte: Tabela do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.

Os alimentos ricos em vitamina C devem ser consumidos preferencialmente crus, frescos e caso vá cortá-los faça isto na hora. Isto porque o nutriente oxida com facilidade quando entra em contato com o ar. Porém, após serem cozidos os vegetais ainda contém a vitamina C, apesar de em quantidade menores. A melhor maneira de cozinha-lo é no vapor, pois quando ele é cozido na água a perda do nutriente é maior.

Quantidade recomendada de vitamina C

De acordo com o Institute of Medicine a orientação do consumo de vitamina C por faixa etária e gênero é:
-7 a 12 meses: 50 mg
-1 a 3 anos: 15 mg
-4 a 8 anos: 25 mg
-9 a 13 anos: 45 mg
-Mulheres de 14 a 18 anos: 65 mg
-Homens de 14 a 18 anos: 75 mg
-Mulheres a partir de 19 anos: 75 mg
-Homens a partir de 19 anos: 90 mg
-Grávidas menores de 18 anos: 80 mg
-Grávidas maiores de 18 anos: 85 mg
-Lactantes menores de 18 anos: 115 mg
-Lactantes maiores de 18 anos: 120 mg

O uso do suplemento de vitamina C

A suplementação de vitamina C é recomendada quando a deficiência do nutriente é identificada e não é possível supri-la com a alimentação. Esta suplementação deve ser recomendada após a avaliação de um nutricionista ou médico e precisa ser acompanhada por este profissional.

A vitamina C é encontrada principalmente em frutas, verduras e legumes. Caso a pessoa não ingira esses alimentos é importante que ela busque a orientação de um médico ou nutricionista, pois é possível que ela necessite de suplementação.

Riscos do consumo em excesso de vitamina C

Para que ocorram problemas com a vitamina C é preciso ingerir quantidades superiores a 1 grama por dia por um longo período. Chegar a esses valores por meio da alimentação é muito difícil, portanto o principal problema dos excessos são os suplementos.

Alguns especialistas da saúde defendem que o excesso da vitamina C pode sobrecarregar os rins e assim aumentar as chances da pessoa desenvolver cálculos renais. Outros profissionais acreditam que este problema não ocorre.

FONTE

http://www.minhavida.com.br/alimentacao/tudo-sobre/17559-vitamina-c-melhora-a-imunidade-e-diminui-o-estresse

http://anamaria.uol.com.br/noticias/dieta/vitamina-c-elimina-ate-6-kg-em-10-dias.phtml?cmpid=fb-uolmul#.WAYZJIMrLIU

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Leite de Inhame




O leite ou extrato de inhame constitui um ingrediente que não pode faltar na Culinária Funcional, para ser utilizado no preparo de diversos sucos, vitaminas e outros pratos que, além de nutritivos e saborosos, protegem o organismo contra doenças.

Atualmente, o inhame é recomendado no tratamento de doenças, como reumatismo, artrite, artrose, ácido úrico elevado, sinusite, dengue, febre amarela viroses, micoses e hemorroidas, deixando bem claro que suas Propriedades Terapêuticas vão muito além de beneficiar mulheres em Menopausa.

As Propriedades Nutricionais, Funcionais e Terapêuticas desse tubérculo foram bem detalhadas em https://goo.gl/VRvydO, destacando-se: a presença de vitaminas, minerais fibras solúveis e fitoquímicos, como o betacaroteno (potente agente antioxidante) e o fito-hormônios.

APLICAÇÕES MEDICINAIS DO INHAME

O inhame contém ácido oxálico, uma substância química também presente em alimentos como a beterraba, o espinafre e diversos outros. Contudo, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, esse ácido não é tóxico e não prejudica a Saúde Humana.

Quando o alimento é COZIDO, esse ácido não é totalmente eliminado, mas tem seu teor bem reduzido, o que pode suavizar essa "sensibilidade" (alergia) apresentada por alguns indivíduos.

O importante é que, seja consumido CRU (https://goo.gl/IghxEW) ou COZIDO, o inhame auxilia no combate às inflamações e infecções, fortalecendo o organismo para o combate às doenças. Assim, o inhame melhora a atuação do Sistema Imune e a Qualidade do Sangue, graças aos seus poderes depurativo e desintoxicante: altamente recomendado na prevenção de doenças como dengue, malária e febre amarela.

Realmente, o inhame auxilia na eliminação das toxinas do sangue, as quais são excretadas, através da pele, dos rins e do intestino, comprovando a afirmação da cultura popular que diz: “o inhame limpa o sangue”. Isso pode ser comprovado através do uso do Emplasto de Inhame e do Leite de Inhame.

1. EMPLASTRO DE INHAME - a Medicina Natural afirma que o emplasto de inhame (https://goo.gl/b9ngjP) puxa tudo: furúnculos, abcessos, quistos sebáceos, verrugas, espinhas insistentes, unhas encravadas, farpas ou cacos de vidro que entram nas mãos ou nos pés, além de desinflamar cicatrizes, eliminar o sangue pisado de contusões, abscessos e tumores e “agir” para baixar a febre. Durante muito tempo, o emplasto de inhame foi empregado no tratamento contra Sífilis.

2. EXTRATO OU LEITE DE INHAME - como: os leites de cereais, sementes e oleaginosas, a biomassa de banana verde e muitas farinhas de cereais, hortaliças e frutas, constituem verdadeiras joias da Culinária Funcional. Esse extrato pode ser consumido em sucos e vitaminas, que além de nutritivas e saborosos, protegem o organismo contra doenças.




FONTE

https://www.facebook.com/mgtnutri/

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Chá Preto


Mais de 90% de todo o chá vendido no Ocidente é o Chá Preto. Todas as quatro variedades de chá (Preto, Chá Verde, Chá oolong, Chá Branco) são feitos de folhas da planta Camellia sinensis, o Chá Preto, geralmente tem mais sabor e cafeína do que os outros. Porque o chá preto mantém o seu sabor durante vários anos, ele tem sido um artigo de comércio e ainda serviu como uma forma de moeda em partes da Ásia no século 19.

Hoje, a Índia, China e Sri Lanka são os maiores produtores mundiais de Chá Preto. Na produção, as folhas ficam espalhadas em prateleiras e soprado com ar para remover cerca de um terço de sua umidade e torná-las flexíveis. Em seguida, eles são enrolados em torno de quebrar suas paredes celulares e liberar os açúcares necessários para a fermentação. Para promover a fermentação são mantidos em um ambiente altamente úmido, que transforma as folhas escuras e desenvolve sabor forte do chá preto. Finalmente, as folhas são secas e enviados para todos os cantos do mundo. Então vamos logo ver os benefícios do chá preto para saúde!


Benefícios do Chá Preto Para Saúde Cardiovascular: O Chá Preto é rico em antioxidantes, tais como os flavonóides que demonstração ser benéfico em impedir a oxidação de colesterol LDL ( ruim), e na prevenção de danos na corrente sanguínea e na parede das artérias e na diminuindo o risco de doença cardíaca. Além disso, os flavonóides demonstrou-se que são capazes de melhorar tanto a vasodilatação coronária e reduzir a formação de coágulos. O Manganês do Chá Preto ajudam a reduzir o risco de doença cardíaca coronária, ajudando a função do músculo cardíaco.

Chá Preto Ajuda na Prevenção do Câncer: O Chá Preto é rico em polifenóis que ajudam na prevenção da formação de potenciais agentes cancerígenos no corpo, especialmente em certos tipos de câncer, como de ovário, pulmão, próstata, colo-retal e de bexiga. Outros estudos revelam que o Chá Preto podem ajudar a prevenir câncer no estômago, próstata e câncer de mama. Um composto no Chá Preto chamado TF-2 faz com que tais células cancerígenas entram em apoptose (morte celular programada), enquanto as células normais não são afetados. Um estudo sobre o câncer bucal mostrou que o consumo de Chá Preto podem reduzir significativamente o risco de câncer oral, particularmente naqueles que fumam cigarros e usar outros produtos do tabacos.

Benefícios do Chá Preto Para a Pele e o Cabelo: Os antioxidantes no Chá Preto ajudam a manter a sua pele limpa e longe das terríveis acne, e em alguns casos têm demonstrado que funciona igualmente, como o peróxido de benzoíla, que é usadas em vários produtos pra pele.

Benefícios do Chá Preto Para os Ossos: Estudos realizados mostraram que o Consumo de Chá Preto muito benéficos para os ossos e os tecidos Conjuntivos.

Benefícios do Chá Preto Para Saúde do Aparelho Digestivo: Os taninos do Chá Preto tem um efeito terapêutico em doenças gástricas e intestinais e torna-se uma grande ajuda para o aparelho digestivo, usado na China há milhares de anos. Estes taninos diminuir a atividade intestinal e exerce um efeito antidiarreico. Os polifenóis do Chá Preto tem demonstrada ter um efeito nas inflamação intestinal sofrida pelas pessoas que sofrem de doenças como a síndrome do intestino irritável.

Benefícios do Chá Preto Para Cérebro e o Sistema Nervoso: Ao contrário do Café que possuir um altos níveis de cafeína, os valores são mais baixos no Chá Preto que promove o fluxo de sangue no cérebro, sem super estimular o coração. A cafeína no chá preto afia o foco e concentração mental. Estudos mostram que a L-teanina que é um aminoácido encontrado no Chá Preto podem ajudar a relaxar e concentrar-se mais plenamente nas tarefas. O Chá Preto tem mostrado que reduzem os níveis de cortisol, o hormônio do estresse depois de um mês de consumo, com cercar de quatro xícaras de chá por dia. A cafeína no Chá Preto podem também dar a sua memória o impulso que necessita por algumas horas e alguns estudos sugerem que um hábito regular de chá podem ajudar a proteger contra a doença de Parkinson.

Chá Preto Aumenta os Níveis de Energia: O Chá Preto possui uma pequena quantidade de cafeinas, a cafeinas com moderação podem ser benéficos, pois estimula o metabolismo, aumenta a função do cérebro e auxilia o estado de alerta. A cafeína no chá age mais como um estimulante sutil, tendo mais do que alguns minutos para fazer efeito. Este efeito é por causa de um composto que se encontra apenas no chá, teofilina. Embora a cafeína seja o alvo principal no cérebro e nos músculos, teofilina estimula o sistema respiratório, coração e rins. Isto ajuda a manter um sistema cardiovascular saudável.

Benefícios do Chá Preto Para Saúde Bucal: Estudos realizados mostraram que os antioxidantes catequinas do Chá Preto, podem ajudar a reduzir o câncer oral. Os Polifenóis e o tanino encontrados no Chá Preto são como antibióticos, e os polifenóis ajudam a manter sob controle as bactérias que causam o mau hálito.

Chá Preto melhora o Sistema Imunológico: o Chá Preto é rico em substâncias chamadas “taninos”, os estudos têm mostrado ter a capacidade de combater vírus como a gripe, disenteria e hepatite. Um tal tanino chamado “catequina” ajuda a suprimir tumores. O chá preto também contém antígenos que ajudam a aumentar a resposta imune.

FONTE

http://www.saudedica.com.br/os-9-beneficios-do-cha-preto-saude/

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Propriedades do grão de bico




Grão de bico é um dos principais ingredientes da gastronomia Oriental e do Oriente Médio e contém muitos nutrientes, dentre eles fibras, proteínas e vitaminas.

Pode ser facilmente encontrado em supermercados em forma de grãos integrais (crus ou cozidos) ou como farinha, já processada.

Conheça algumas propriedades do deste alimento versátil, que pode ser utilizado em dezenas de pratos diferentes.


Receitas simples com grão de bico

  • Hummus: é uma receita árabe bem conhecida. Adicione em um recipiente uma xícara de grão de bico cozidos, dois dentes de alho picados, cominho, azeite de oliva, salsa picada, sal e o suco de um limão. Adicione um pouco de água e triture. Quando uma pasta lisa se formar estará pronto. Para servir, verta mais azeite de oliva e pimentão. Para comer acompanhe com pão árabe e sirva de entrada.

  • Bolas de grão de bico: Coloque em um recipiente uma xícara de grão de bico e deixe repousar por toda a noite. Cozinhe até eu ferva. A parte misture uma cebola, dois dentes de alho, coentro, pimenta, cominho e pimentão. Jogue na mistura o grão de bico e triture com uma batedeira ou liquidificador. Deixe na geladeira por uma hora. Pegue pequenas quantidades da mistura e forme bolinhas, frite-as.

  • Hamburguer de grão de bico e polenta: cozinhe os grãos e faça um purê. Ferva água e sal e prepare a polenta. Quando estiver quase pronta, adicione o purê de grão de bico. Adicione uma cenoura e uma cebola ralada. Deixe esfriar e coloque em uma bandeja por 1 hora. Desmolde com forma de hambúrguer e logo asse com um pouco de óleo vegetal ou no forno.


Seus componentes são excelentes para promover a saúde digestiva, aumentando o tamanho das fezes. Por exemplo, em casos de diarreia não há nada melhor do que um prato de grão de bico para estabilizar e fortalecer o intestino. Além disso, também ajuda a prevenir e tratar as hemorroidas.

Outra vantagem de consumir grão de bico


Uma porção de 100 gramas de grão de bico cozido sem sal nos oferece hidratos de carbono (criadores de energia), fibra dietética (boa para a saúde cardíaca e digestiva), proteínas e gorduras, mas, além disso, este grão oferece em sua composição vitaminas A, B6, C, E e K, cálcio, fósforo, potássio, zinco, magnésio, ferro e sódio.



Dois principais benefícios do grão de bico

Por conter fibra dietética, os grãos de bico servem para reduzir os níveis de colesterol ruim no sangue, mas por sua vez é bom para diminuir a pressão arterial e a quantidade de triglicerídeos. Então, pode reduzir o risco de sofrermos ataques cardíacos, doenças cardíacas e acidentes cérebro vasculares.

Pessoas que apresentam anemia ferropriva (por problemas na quantidade de ferro no organismo), podem consumir grão de bico para aumentar seus níveis de ferro, que é um dos componentes principais deste alimento.

Para aqueles que praticam esportes com frequência e tem um grande desgaste de ferro devido a atividade física o grão de bico também é recomendado.

Além disso, o grão é uma grande fonte de potássio, o que o torna muito bom para melhorar a circulação, regular a pressão arterial, e é muito recomendado para aqueles que sofrem de hipertensão Serve para prevenir doenças reumáticas ou a artrite, bem como as câimbras.

Os diabéticos podem consumir grão de bico e aproveitar de seus benefícios, pois seu teor de zinco permite ao corpo assimilar e armazenar insulina.

Além disso, o zinco é bom pra o crescimento geral do organismo, pra subir o sistema imunológico, cicatrizar feridas e metabolizar proteínas. Ajuda a combater a fadiga e se encarrega de transportar vitamina A até a retina.

Aqueles que apresentam problemas com o trânsito intestinal podem comer grão de bico, por que contém uma grande quantidade de fibras. Servem para controlar a obesidade e prevenir o câncer de cólon.

Graças ao ácido fólico que o legume contém, é muito bom para mulheres grávidas ou que estão amamentando. Pode ajudar às pessoas que fumam ou consomem álcool a absorver melhor a vitamina B9.

Finalmente, ficou comprovado que a vitamina K do grão de bico serve para uma melhor coagulação do sangue e para o metabolismo dos ossos. Para que possa incorporar a grande quantidade de nutrientes que o grão de bico contém, prove as seguintes receitas:

fonte

http://melhorcomsaude.com/propriedades-grao-bico/

domingo, 9 de outubro de 2016

Folhas da Goiaba



Quem diria, não é mesmo? As folhas da goiabeira são extremamente benéficas para a nossa saúde. Elas são ricas em potássio, vitaminas A e C, fibras saudáveis e licopeno, um antioxidante de cor vermelha que pode ser também encontrado no tomate e no pimentão.

A goiabeira é uma árvore tropical muito comum na América do Sul e América Central. Seus fruto, além de muito saboroso, tem muitas utilidades medicinais. E suas folhas também são bastante utilizadas para tratamentos de saúde. Entre os principais benefícios da goiaba, tanto da fruta como da folha, podemos destacar:

BENEFÍCIOS DA FOLHA DE GOIABA
  • O chá das olhas de goiabeira diminuem o mau colesterol – LDL -, sem afetar os níveis do bom colesterol 0 HDL
  • O chá é muito bom para a tosse para quem tem bronquite.
  • Aplique folhas esmagadas em alergias para aliviar a coceira.
  • O mesmo se pode dizer em relação às picadas de inseto
  • Chá de folhas de goiabeira são um excelente remédio para a queda de cabelo.
  • O chá não deixa os carboidratos se transformar em açúcar, o que é muito bom para quem quer perder peso.
  • É ótimo para quem está com dor de estômago, de grande ajuda contra intoxicações alimentares.
  • Muito eficaz no tratamento da diarreia ou disenteria
  • É recomendado aos homens que tem problemas de infertilidade
  • Ajuda no combate a alguns tipos de câncer, como o da próstata
  • Rico em vitamina C, o chá de folhas de goiabeira combate as espinhas e a acne. Para remover cravos, esmague algumas olhas e aça uma pasta com água, aplicando nos locais desejado antes da remoção. A mesma solução combate o envelhecimento da pele. Os resultados são surpreendentes;
  • Eficaz contra infecções, pode ser aplicado em feridas ou arranhões
  • Muito bom para quem tem diabetes, pois diminui o açúcar no sangue e não estimula a secreção de insulina
  • Alivia a dor de dente, inflamações na gengiva e feridas na cavidade oral.
  • As folhas podem ser usadas no tratamento da candidíase através de duchas com seu extrato;
  • Mastigando essas mesmas folhas, previne-se e alivia o mau hálito, além de evitar ressacas e dores de cabeça causados pelo consumo de bebidas alcoólicas (quando mastigadas antes);
  • O chá da casca pode ser usado como anti-inflamatório em casos de lesões ou úlceras na pele;
  • Esmagar as folhas da goiaba e aplicar em feridas evita que as mesmas infeccionem, atuando também como um eficiente cicatrizante e analgésico;
  • Tanto as folhas, como a casca possuem propriedades antissépticas, sendo muitas vezes mais eficiente que produtos similares industrializados;
  • Outro benefício das folhas é regularizar disfunções no período menstrual, amenizando sangramentos intensos. Trata inchaços e dores nos tornozelos.

RECEITAS
Para combater a queda de cabelo: prepare o chá das folhas de goiaba.
Depois enxágue bem com água.
Faça isso pelo menos três vezes por semana.
- Para combater acne e cravos: triture as folhas e aplique sobre a acne e os cravos.
Deixe por um tempo e, em seguida, enxágue.
Faça vários dias até que a pele está limpa e clara.
- Para retardar o envelhecimento da pele: aplique sobre a pele uma decocção (fria) de folhas de goiaba.
Isso serve para melhorar o tom e a textura da pele.
- Para tratar bronquite e tosse: faça um chá de folhas de goiabeira e tome-o por vários dias, até cessarem os sintomas.
- Para diarreia: ferva 30 gramas de folhas com um punhado de farinha de arroz em um ou dois copos de água.
Beba duas vezes por dia.
- Para baixar o colesterol: tome o chá da folha de goiaba por três meses.
- Para feridas e infecções: triture as folhas e aplique na parte afetada.
Isso previne a infecção e acelera a cicatrização.
- Para dor de dente, gengiva inchada e feridas na boca: mastigue algumas folhas de goiabeira.
- Para perder peso: tome o chá das folhas de goiaba, uma ou duas vezes por dia.
Ferva um litro de água. Quando levantar fervura, adicione 5 folhas de goiaba, espere um pouco e desligue o fogo. Espere 20 minutos e consuma a primeira xícara. Em aplicações na pele ou no cabelo, espere esfriar antes de usar.



Benefícios da Goiaba para Imunidade: A Goiaba é uma excelente fonte de vitamina C e Antioxidantes. Ela contém 228 mg de Vitamina C, que é igual a 338% da necessária diária ou seja 3x mais do que o necessário. Com o aumento da função do sistema imunológico, seu corpo irpa se proteger contra doenças comuns como tosse, resfriado e gripe e contra infecções.

Benefícios da Goiaba com Propriedade anti-tumoral:Goiaba contém elevada quantidade de licopeno (5.204 microgramas), que é um fitonutrientes conhecido como carotenoides. O licopeno tem uma propriedade anti-tumoral que protege contra os radicais livres, uma vez que luta ativamente para neutralizá-lo. Portanto, comer goiaba vai ajudar a combater o câncer de próstata.


Benefícios da Goiaba contra o Câncer : A Goiaba é uma excelente fonte de antioxidantes, fitonutrientes e flavonóides que o tornam altamente benéfico para proteger do câncer. Goiaba contém grande quantidade de vitamina C, que protege contra os radicais livres do oxigênio. Os radicais livres são produzidos devido ao estresse oxidativo que danificam o DNA das células que o transforma em uma célula cancerosa. os antioxidantes neutralizam esses radicais livres e age como um escudo que proteger o DNA dos radicais livres. Também contém uma quantidade elevada de licopeno, que têm propriedades anti-tumor. 


Como sabemos a principal causa de câncer é radicais livres e danos causados ao DNA das células e o licopeno impede o crescimento do tumor. Assim, com estes dois os nutriente da goiaba torna-se alimentos mais saudáveis para prevenir o câncer de próstata. A goiaba é eficaz para proteger da cólon, mama, boca, pele, estômago, cavidade oral e câncer de pulmão.




Como fazer o chá das folhas

Muito se sabe sobre os benefícios que a goiaba possui, mas não é apenas na fruta que encontramos propriedades medicinais poderosas. Suas folhas (e cascas da goiabeira) são capazes de tratar desde uma simples dor de dente, até uma doença sexualmente transmissível como a candidíase.

As folhas e a casca da goiabeira vêm sendo usadas há muito tempo por povos indígenas como uma fonte de cura e prevenção de doenças. Atualmente, várias pesquisas comprovaram o poder que a planta possui, sendo vastamente utilizada na medicina alternativa.


FONTE
http://curapelanatureza.com.br/post/04/2016/queda-de-cabelo-feridas-bronquite-emagrecimento-colesterol-descubra-todos-os-poderes-da
http://chabeneficios.com.br/chas-das-folhas-e-cascas-da-goiabeira/

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Uvaia


Típica da Mata Atlântica, a uvaia é conhecida como uma fruta do mato. Seu sabor é intenso, assim como seu perfume. O sabor, apesar de intenso, pode não agradar a todos por ser azedo – e desse fato que surgiu seu nome ubaia, que em tupi significa fruto azedo. A fruta é amarela, arredondada e possui duas sementes de aproximadamente quatro centímetros de diâmetro. De flor branca, a árvore é comumente plantada para uso doméstico, uma vez que seus frutos amassam, oxidam e ressecam com facilidade, tornando pouco viável a sua comercialização.

Comum também no Estado do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, é uma espécie arbórea, e seu florescimento acontece em agosto e setembro. O amadurecimento dos frutos não é uniforme, uma vez que é possível encontrar flores, frutos verdes e maduros em um mesmo ramo. Com polpa delicada e casca fina, a fruta é muito usada para preparo de sucos e compotas. Chega a ter de seis a treze metros de altura, mas existem variações da espécie que crescem em pequenos arbustos de até um metro de altura. A uvaia, por ser nativa da Mata Atlântica, é muito usada em diversos projetos de reflorestamento, servindo de alimento para aves e pequenos animais, os atraindo novamente para seu habitat.

Benefícios e propriedades

A uvaia é usada com fins medicinais em países como Paraguai e Argentina. A infusão de suas folhas pode ser usada para controlar a hipertensão, diminuir o colesterol, auxiliar no emagrecimento, além de ser um ótimo adstringente e digestivo.

Seus frutos são ricos em vitamina A e C (quatro vezes mais que a laranja), combatendo desta forma os radicais livres e, consequentemente o envelhecimento celular. É eficaz na prevenção de alguns males que afetam nossa saúde como doenças cardiovasculares, câncer, doenças derivadas do envelhecimento, além de serem muito indicados para acompanhamento no tratamento de HIV, no tratamento de tumores, malária, processos inflamatórios e para diminuir o nível de ácido úrico.

Aplicações na culinária
Seu consumo é mais comum na forma de suco, compota, mousse, doce, sorvete; assim como em geleia, vinagre, licor e outros. No entanto, é preciso cuidar com a quantidade de açúcar usado para que não se torne muito calórica. Seu consumo é pouco aceitado in natura devido ao seu sabor forte e azedo, mas se apreciar o sabor, não existem contraindicações nessa forma de consumo.


FONTE
http://www.remedio-caseiro.com/uvaia-beneficios-dessa-fruta-exotica-que-emagrece/

domingo, 2 de outubro de 2016

Benefícios do sorgo



Os Benefícios do sorgo são diversos, pois, possui grande quantidades nutrientes essenciais para saúde geral do corpo, porém ele é pouco conhecido. Além disso, O Sorgo é o termo amplo para todo um gênero de gramíneas que são nativas de regiões tropicais e subtropicais de todo o mundo. Embora existam mais de 30 espécies diferentes de Sorgo, apenas um é colhido para consumo humano, enquanto os outros são principalmente utilizados como alimento para animais.

As espécies mais importantes para os seres humanos, Sorghum bicolor, é nativa da África, mas agora pode ser encontrada em todo o mundo como um produto de alimento básico. Ele também é cultivado em muitos países diferentes. Sorgo é utilizado principalmente na produção de melaço, xarope de Sorgo e como grão. Além disso, ele pode ser utilizado na produção de bebidas alcoólicas e biocombustíveis em todo o mundo. Ele é amplamente considerado o quinto cereal mais importante no mundo..

A versatilidade do Sorgo, combinado com o fato de que é aceitável para consumo por pessoas com alergias de Trigo, faz com que seja extremamente importante como um alimento básico no mundo. Além disso, os enormes benefícios para saúde associados ao Sorgo é uma excelente alternativa a outros tipos de grãos, gramíneas e cereais que são comumente consumidos em todo o mundo. Vamos dar uma olhada mais de perto nos nutrientes que o Sorgo pode fornecer-nos para a dieta.

O Sorgo é uma potência em termos de nutrientes e caso seja adicionado à sua dieta fornece vitaminas como a Niacina, Riboflavina e Tiamina, bem como altos níveis de Magnésio, Ferro,Cobre, Cálcio, Fósforo e Potássio e uma quantidade muito significativa de fibra dietética (48% da dose recomendada por dia). Então, Confira os 10 Benefícios do sorgo para Saúde.



Benefícios do Sorgo Para Saúde Digestiva:

Algo muito comuns nos alimentos saudáveis, é que elas contêm uma certa quantidade de fibra dietética, o que melhora a funcionalidade do sistema digestivo. No entanto, o Sorgo é um dos melhores alimentos para fibra dietética. Uma única porção de sorgo contém 48% de sua ingestão diária recomendada de fibra dietética, mais de 12 gramas! Isso significa que seu aparelho digestivo vai manter a sua comida se movendo mais rapidamente, evitando coisas como Cólicas, inchaço, constipação,Dores de estômago, excesso de gases e Diarreia. Além disso, quantidades excessivas de fibras no corpo ajuda a diminuir o colesterol perigosa (LDL), que ajuda a melhorar a saúde do coração e proteger o corpo de doenças como aterosclerose, ataques cardíacos e derrames.

Benefícios do Sorgo Na Prevenção do Câncer:

A camada do farelo dos grãos de Sorgo contém antioxidantes importantes que não são encontradas em muitos outros tipos de alimentos. Estes antioxidantes têm sido diretamente ligado a uma redução da chance de desenvolver vários tipos de câncer, incluindo câncer de esôfago, particularmente em comparação com as pessoas que comem regularmente Trigo e Milho. Os antioxidantes são compostos benéficos que neutralizam e eliminam os radicais livres no organismo, que muitas vezes causam as células saudáveis do corpo para se transformar em células cancerosas.

Sorgo Ajuda no Controle da Diabetes:

O farelo do Sorgo é rico em taninos e tem enzimas que inibem a absorção do amido pelo corpo, o que pode ajudar a regular os níveis de insulina e de glicose no corpo. Ao manter estes níveis equilibrados, os diabéticos não vão sofrer com os picos de níveis de glicose, evitando assim choques diabético e outras complicações de saúde.

Benefícios do Sorgo Na Prevenção Doença Celíaca:

Embora seja relativamente “nova” condição, parece estar ganhando consciência no mundo todo. A doença celíaca é uma alergia grave ao glúten, encontrado principalmente em produtos à base de Trigo. Surpreendentemente, o trigo/glúten é encontrado em milhares de alimentos normais, tornando a vida para aqueles que sofrem de doença celíaca muito difícil. Felizmente, os grãos e gramíneas alternativas, como o sorgo, podem ser consumidos com segurança por aqueles que sofrem desta condição cada vez mais comum.

Benefícios do Sorgo Para Saúde Óssea:

O Magnésio é encontrado em quantidades elevadas no Sorgo, o que significa que os níveis de Cálcio serão mantidos adequadamente, pois o Magnésio aumenta a absorção de Cálcio no organismo. Estes dois minerais também são essenciais para o desenvolvimento do tecido ósseo e acelera a cicatrização de ossos danificados ou envelhecimento. Isso pode evitar condições como osteoporose e artrite, mantendo assim você ativa e saudável bem em sua velhice.

Benefícios do Sorgo Para Desenvolvimento Celular:

O Cobre e o Ferro são também encontrados no Sorgo, de uma forma semelhante como o Magnésio e o Cálcio. O Cobre contribui para aumento da absorção de ferro no corpo. Isto significa uma diminuição da probabilidade de desenvolver Anemia, que é um outro caso para a Deficiência de Ferro. Com número suficiente de Ferro e cobre no seu sistema, o desenvolvimento das células vermelhas do sangue são aumentadas, consequentemente, ampliando a circulação do sangue, estimulando o crescimento e reparação celular e aumentando o crescimento do cabelo do couro cabeludo. A única porção de sorgo contém 58% de sua ingestão diária recomendada de cobre.

Sorgo Aumenta os Níveis de Energia:

A Niacina, também conhecida como Vitamina B6, é uma componente chave na transformação de alimentos em energia utilizável e combustível para o corpo. Quebrar e metabolizar nutrientes irá manter seus níveis de energia estáveis ao longo do dia. O Sorgo contém 28% de sua ingestão de niacina recomendado por dia!

Outros Benefícios do Sorgo Para Saúde 

O Sorgo é uma excelente fonte em antioxidantes, o cereal combate o envelhecimento à medida que a substância é conhecida por sua atuação no combate aos radicais livres que provocam o desgaste celular.

Uma palavra final do cuidado: Não há preocupações conhecidas ou advertência contra a adição de Sorgo a sua dieta. Como se trata de uma grama, existe a possibilidade de algumas pessoas serem alérgico a ela, mas isto é raro. Além disso, com o alto teor de certas vitaminas e minerais, o único perigo real na quantidade de benefícios para saúde.



Pipoca de sorgo tem menos carboidratos que a de milho:
saiba fazer e veja benefícios

Por conta de suas ricas propriedades nutricionais e benefícios à saúde, o sorgo vem sendo chamado de cereal do futuro. Ele ainda é pouco conhecido, mas já é possível encontrar a farinha e os grãos de sorgo em alguns mercados, que podem ser usados em receitas como substitutos da farinha de trigo. De acordo com a chef funcional Lidiane Barbosa, o sorgo é rico em antioxidantes, o que ajuda a retardar o envelhecimento celular, e é ótimo para dietas restritivas ao glúten. O sorgo ainda é rico em fibras e ajuda a combater a prisão de ventre, a reduzir o colesterol e a controlar a glicemia. “Entre os principais fitoquímicos presentes nesse cereal, destacam-se as antocianinas, isoflavonas e taninos. Ele apresenta boa quantidade de vitaminas, principalmente as lipossolúveis e do complexo B, também contém minerais como ferro, fósforo, potássio, magnésio e zinco”, comenta Lidiane sobre a qualidade nutricional do grão ainda pouco consumido entre os brasileiros.

Pipoca de sorgo

Se você ainda está pensando em como incluí-lo na sua dieta, saiba que é possível fazer até pipoca com sorgo. Além de fornecer os benefícios listados pela chef funcional, o substituto ainda contém menos carboidrato do que o grão de milho. Enquanto 100g contém cerca de 67g de carboidrato, a mesma quantidade de milho apresenta 75g do nutriente.

Como fazer
O modo de preparo é o mesmo: basta substituir o milho pelo sorgo e preparar a pipoca da mesma maneira. Segundo Lidiane, para que a receita fique ainda mais saudável e funcional, use óleo de coco para estourar os grãos. As pipocas ficam um pouco menores que as feitas com milho, mas o sabor é o mesmo.


Pipoca doce de sorgo

Se você é fã de pipoca doce, mas foge dela por causa das calorias, anote essa dica da Lidiane para degustar sem culpa: prepare a pipoca de sorgo e, em seguida, derreta chocolate adoçado com açúcar de coco e mergulhe as pipocas no chocolate. Por fim, coloque-as um pouco na geladeira para o chocolate endurecer e está pronta.

FONTE

http://www.saudedica.com.br/os-10-beneficios-do-sorgo-para-saude/

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Sementes de Abóbora




As abóboras são originárias da América do Norte e já era muito valorizada na antiguidade pelos nativos americanos devido a suas propriedades nutritivas e medicinais. Seus múltiplos benefícios derivam de um alto teor em nutrientes essenciais para o organismo: zinco, fósforo, cobre, potássio, ferro e magnésio.

As sementes torradas tem um sabor suave e doce – similar ao das nozes – com uma textura mastigável, algumas aparecem recobertas por uma capa de cor amarela e branca. Mas, sobretudo são uma das mais nutritivas que existem.

Consumo
Normalmente, as sementes são retiradas e fervidas em água e sal, posteriormente vão ao forno para torrar. Uma vez torradas, podem ser consumidas diretamente ou em outro tipo de prato, como complemento, entretanto, seja qual for o modo que você escolher, continuarão sendo saborosas.

Uma opção é torra-las com sal e utilizar no preparo de saladas ou em sopas. Também é possível caramelizar e utilizar no preparo de barras de cereais caseiras.

Outras alternativas excelentes são pulverizar as sementes e adicioná-las a um combinado de frutas frescas e frutos secos, ou em biscoitos caseiros, adicionando a semente em pó à farinha de trigo que normalmente se utiliza para a preparação. Também é possível encontrar o óleo da semente de abóbora em lojas especializadas.

Quais são os benefícios para a saúde?
As sementes de abóbora contêm generosas quantidades de vitaminas A, K, assim com ácido fólico e vitamina B3. Também contém ácido linoleico, ácidos graxos ômega 6 e ômega 3.
Dentre as vantagens que oferece ao organismo encontramos:

– Recomendável para pessoas com osteoporose, devido ao teor de zinco que ajuda a retardar a deterioração da densidade mineral óssea.
– Beneficiam pessoas com artrite, reduzindo as inflamações.
– Favorecem à próstata e ajudam a quem tem dificuldade em urinar devido à próstata dilatada.
– Podem diminuir os riscos de apresentar cálculos renais.
– Colaboram nos tratamentos da nefrite e outras condições associadas ao sistema urinário. Isso devido ao seu teor em cucurbitina, um aminoácido essencial que, segundo alguns estudos, também melhoram o funcionamento da bexiga.
– Ajudam a reduzir os nível de colesterol mal, graças a seu teor de “fitoesteróis”.
– Podem ajudar na prevenção contra certos tipos de câncer.
– Funcionam como um potente antidepressivo, já que contém L – triptofano, que nada mais é que um antidepressivo natural.
– Favorecem na produção dos hormônios do “sono” (serotonina) ajudando com problemas de sono e ansiedade.
– Utilizam-se para combater parasitas intestinais.


– São úteis no tratamento da síndrome do intestino irritável.
Sobre o óleo verde dessas sementes podemos dizer, entre outras coisas, que:
– É emoliente, calmante e laxante.
– É considerado excelente para os pulmões e membranas mucosas.
 Não deixemos de desfrutar desse presente da natureza!


O que você conclui sobre a incrível quantidade de benefícios que essas sementes nos dão? Em resumo, as sementes de abóbora são de grande ajuda para nos manter jovens, tanto por dentro quanto por fora. O mais surpreendente é pensar em quantos benefícios para a saúde perdemos ao nos desfazer dessa parte da abóbora quando a cozinhamos.

Sabemos que o processo de separar, cozinhar, torrar e por fim pulverizar parecerá complicado à maioria das pessoas. Mas, devemos considerar que, atualmente, é possível comprá-las em lojas de alimentos naturais, dietéticos e lojas de produtos fitoterápicos.

Portanto, seja qual for o modo de obtê-las, vale a pena incorporar o uso da semente aos nossos costumes diários, já que consumir algo com semelhantes propriedades é, sem dúvidas, algo que melhorará nossa saúde e qualidade de vida.

FONTE

http://melhorcomsaude.com/sementes-de-abobora-e-suas-multiplas-propriedades


domingo, 14 de agosto de 2016

“Cúrcuma” Açafrão da Índia ou “Turmeric”




Na culinária indiana, o tempero vem se revelando uma excelente arma para proteger o cérebro

Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, resolveram checar se as já conhecidas propriedades da curcumina, um dos ingredientes do curry, seriam capazes de defender o sistema nervoso dos males causados pelo Parkinson. Eles observaram que a substância age diretamente sobre uma proteína que, quando está alterada, favorece a morte dos neurônios. Ao entrar em ação, ela diminuiu de 50% para 19% a proporção de células danificadas. “Esse pigmento é antioxidante e anti-inflamatório”, confirma o nutricionista Erick Prado de Oliveira, da Universidade Estadual Paulista, em Botucatu, no interior de São Paulo. “Então, poderia prevenir doenças neurodegenerativas”, conclui.

Outros poderes do curry
Diversos trabalhos atribuem ao pó dourado a capacidade de defender as células do corpo. Nos últimos anos, descobriu-se que ele...
  • Reduz mutações celulares que provocam câncer
  • Evita inflamações no intestino
  • É inimigo das doenças que atacam a gengiva
  • Afasta a artrite

Você encontra em qualquer mercado o açafrão da terra moído, (que deve ser usado no lugar do sal) juntar a pimenta do reino moída(uso a preta) ficará muito mais gostoso sem o inconveniente sal.

Para todas as enfermidades, o ideal é o uso de muita água e sucos naturais, a dor de cabeça e pressão alta, na maioria das vezes é um indicativo que o sangue está espesso e precisa ser diluído e a água é a principal matéria prima, muitos idosos ou quase todos morrem por desidratação, segundo matéria médica em um jornal, ingerindo pouca agua, podem causar bloqueamento do sangue, nas áreas periféricas do corpo, chegando até a infartos.

O Açafrão da Índia ou “Turmeric” ou “Cúrcuma” (Curcuma longa Linn.) é uma planta da família do gengibre (Zingiberaceae) sendo a raiz a parte mais utilizada na culinária e na medicina.

No Brasil, principalmente em Minas Gerais e Goiás, é conhecida como Açafrão da Terra, Açafroa ou Gengibre Amarelo.

De acordo com o Eng. Agrônomo Ademar Menezes Junior não podemos confundir o Açafrão da Índia com o “Açafrão Verdadeiro” utilizado nas “paellas” espanholas, que é dispendioso e corresponde aos estigmas dessecados da bela flor amarela ou vermelha da planta Crocus sativus.

É no rizoma da Curcuma longa que está o componente mais ativo da planta, a curcumina presente em 2 a 5% deste delicioso tempero.

A curcumina, isolada pela primeira vez por Vogel em 1842, é um pó insolúvel na água e no éter, mas solúvel no etanol e no DMSO. A sua estrutura foi descrita por Lampe e Milobedeska em 1910 e quimicamente é um diferoilmetano com a fórmula : C21H20O6 e peso molecular:368,4 .

A curcumina comercial encontrada nos mercados a preços bem acessíveis, contém três cucurminoides que lhe confere a cor amarelo alaranjada: curcumina (77%), demetoxicurcumina (17%) e bisdemetoxicurcumina (3%).

Ela é muito consumida na Índia, cerca de 100 mg/dia por habitante, como tempero. Estudos recentes mostram que podemos ingerir até 8 g/dia sem efeitos colaterais, entretanto a biodisponibilidade celular da curcumina é muito baixa , devido à rápida glucoronidação hepática e intestinal. O folclore nos ensinou que a adição de pimenta do reino (Piper nigra) aumenta em 2000% a biodisponibilidade do princípio ativo. Na Índia o povo adora açafrão e pimenta .

Nos Estados Unidos são muito comuns o câncer de mama, de colon, de próstata e de pulmão, o que não acontece na Índia, onde é alta a ingestão de cúrcuma.

Observou-se aumento da incidência de câncer de colon em imigrantes da Índia vivendo nos Estados Unidos, o que mostra o valor da dieta como fator quimiopreventivo (in Aggarwal-2003).

A medicina complementar baseada em evidências científicas e na observação cuidadosa pode e deve ser utilizada conjuntamente com a medicina convencional ou quando não se obtém desta os resultados esperados. O médico não pode simplesmente dizer que não há mais nada a fazer, sem antes tentar de um modo firme, sensato e rigoroso todas as armas da medicina complementar (Felippe -2006-2007). Um dos exemplos é o uso da Cúrcuma.

A cúrcuma tem sido utilizada na medicina Ayuverdica, medicina tradicional da Índia, por mais de 6000 anos nas seguintes situações: desordens biliares, anorexia, tosse, feridas em diabéticos, males hepáticos, reumatismo, sinusite, etc. .

Encontramos de 1966 a 2007, 1492 referências no Medline sobre a atividade biológica da curcumina. Recentemente a literatura médica mostrou que a Cúrcuma possui os seguintes efeitos:
  • Anticâncer
Aumenta o efeito da quimioterapia nas situações de resistência a múltiplas drogas
Antiaterosclerótico
Antinflamatório
Reduz o colesterol
Diminui a oxidação da LDL
Inibe a agregação das plaquetas
Diminui o tamanho da trombose no infarto do miocárdio
Diabetes tipo II: hipoglicemiante, diminui os níveis de hemoglobina glicosilada e diminui a microalbuminúria
Esclerose Múltipla: diminui as crises de exacerbação
Alzheimer: retarda o processo degenerativo
Fibrose cística: corrige alguns defeitos
Doenças inflamatórias dos olhos: uveíte anterior crônica, pseudotumor orbital idiopático
Diminui as dores na artrite reumatoide
Efeito nas doenças de pele: psoríase e dermatites
Efeito na esclerodermia
Estimula regeneração muscular
Melhora a regeneração das feridas
Cicatriza escaras
Protege o fígado e rins de lesões tóxicas
Aumenta a secreção biliar
Diminui a formação de cálculo biliar
Efeito nas doenças inflamatórias de intestino
Protege contra a formação de catarata
Protege o pulmão da fibrose
Inibe a replicação do HIV
Inibe a reprodução das leishmanias
Nas palavras de Bharat Aggarwal e Shishir Shishodia: “Vamos fazer uma viagem para nossas “RAIZES” antigas para explorar as “RAIZES” da Curcuma longa”

Efeitos da Curcumina no Câncer

A curcumina possui uma série de efeitos na prevenção e no tratamento do câncer. É o fitoquímico que inibe o maior número de vias de sinalização, transdução e transcrição que conhecemos e por esse motivo possui potente efeito no câncer como antiproliferativo, apoptótico , antiangiogênico e antimetastático.



Benefícios do açafrão-da-terra (Curcuma Longa) para a saúde 

O açafrão-da-terra (também conhecido como “falso açafrão”) ou cúrcuma é uma especiaria indiana derivada dos rizomas da planta Curcuma Longa muito utilizada na alimentação e pela medicina Ayurvédica, principalmente nos países asiáticos. São conhecidos aproximadamente mais de 235 compostos da cúrcuma, entre eles os terpenos, diarilpentanóides, fenilpropenos, compostos fenólicos, esteróis e alcalóides. O seu principal componente é a curcumina, responsável pela sua coloração amarelada e por suas funções antiinflamatória, antioxidante e antimicrobiana. Em 100g de cúrcuma são encontradas quantidades quase que ideais de vitamina C, ferro, niacina, potássio e fósforo.

Estudos em animais demonstraram que ela é rapidamente metabolizada, conjugada no fígado e excretada pelas fezes. A sua biodisponibilidade em humanos ainda não é conhecida. Por conta desse rápido clearance os pesquisadores normalmente a associam com outros ativos que melhorem sua biodisponibilidade como a piperina, presente na pimenta do reino. É comum no envelhecimento e em doenças crônicas por conta da sobrecarga mitocondrial um aumento na produção de radicais livres e do estresse oxidativo, além da pobre defesa antioxidante natural.

A curcumina modula a resposta inflamatória via COX-2, lipoxigenase e óxido nítrico sintaze indutível. Além de inibir a produção de citocinas inflamatórias como a TNF-alfa, NFkappa-beta ILs (1,2,3,6,8) e MCP. Por conta disso ela pode proteger contra o câncer, artrite, condições oculares, gastrointestinais, pancreatite, doenças cardiovasculares, dislipidemias, entre outras.

A cúrcuma age exatamente na diminuição desses radicais livres e na melhora da síntese dos antioxidantes naturais (GSH, SOD e GPX). Além de diminuir componentes hepáticos inflamatórios e biomarcadores de dano oxidativo. Segundo estudos possui propriedades anti tumorais e previne o câncer. Algumas evidências indicam que ela possa inibir a atividade de algumas drogas quimioterápicas e/ou interferir em sua absorção e, por isso nesses casos deve haver indicação médica.

A promoção de um tumor está intimamente ligada a um estado pró-inflamatório e a curcumina diminui esse componente. Sua ação em estudos clínicos abrange a inibição da carcinogênese coloretal, pâncreas, gástrica, próstata, hepática, mama, orais e leucemia. Ela sequestra os radicais livres e impede a peroxidação lipídica protegendo contra doenças cardiovasculares como a aterosclerose e danos oxidativos ao DNA.

Ela vem sendo utilizada contra condições gastrointestinais como a dispepsia, infecção por H pilory, doença de Crohn, síndrome do intestino irritável e colite ulcerativa. Estudos mostraram que ela ajuda na melhora dos sintomas como dor abdominal, inchaço, alterações no trânsito intestinal e frequência de evacuação alta. Ela também participa das fases de detoxificação hepática melhorando o seu funcionamento.

Pele

Já são conhecidos os danos provocados pelos radicais livres ao nosso corpo e principalmente para o nosso maior órgão, a pele havendo assim a necessidade de uma maior defesa antioxidante. Um dos componentes da pele responsáveis pela sua firmeza são os fibroblastos. A cúrcuma apresenta um componente com alto poder antioxidante, a curcumina e segundo estudos ela ajudaria a diminuir o estresse oxidativo submetido a pele trabalhando portanto contra o envelhecimento precoce.

Pesquisas indicam que o envelhecimento está ligado a falha progressiva dos sistemas de manutenção celular e reparação (MARS) e que estimulando esse sistema haja uma prevenção contra o envelhecimento. Além do estresse químico estamos sujeitos a outros tipos como a radiação UVB, temperatura, exercício, jejum prolongado, entre outros. Estudos demonstraram que a curcumina é capaz de aumentar a produção da enzima HO-1, protegendo os fibroblastos do estresse oxidativo.

Os pesquisadores ressaltam que ela agiria na indução da resposta ao estresse celular nos fibroblastos normais pela geração de radicais livres e redução no estado redox o que levaria a um aumento da HO-1 e outras enzimas antioxidantes naturais do organismo como a GSH melhorando assim a proteção contra danos futuros.

Exercícios

A função vascular endotelial está relacionada ao envelhecimento, a menopausa e a um aumento do risco de doenças cardiovasculares. Mudanças na dieta e a prática de atividade física vêm demonstrando melhorar a idade vascular. No caso da menopausa isso ocorre por conta do declínio dos níveis de estrogênio. Elevações na produção de citocinas inflamatórias e radicais livres resultam em disfunção endotelial. A curcumina um alcalóide presente no açafrão é conhecida por suas propriedades antiinflamatórias e antioxidantes.

Estudos recentes demonstraram que a ingestão de curcumina por 8 semanas em mulheres pós menopausa melhorou a função endotelial. A magnitude da melhora foi comparada a mesma exercida pela atividade física. Por conta disso outras pesquisas sugerem uma melhora ainda melhor quando a prática de atividade física é unida ao consumo de curcumina. O exercício aeróbio melhora a função endotelial, pois aumenta a biodisponibilidade de óxido nítrico (vasodilatador).

Os pesquisadores acreditam que a curcumina ajuda nessa função por inibir a produção de TNF alfa (inflamatório) exercendo efeito antiinflamatório. Eles sugerem que a combinação dos dois seja utilizada como estratégia terapêutica na melhora da função vascular endotelial, mas mais estudos com outros tipos de exercícios e publicações devem ser realizados para atestar essa propriedade da curcumina.

Quantidade recomendada

Caso compre a raiz inteira utilize uma ou duas rodelas por dia. Se for ingerir o pó de açafrão a orientação é uma colher de chá, cerca de 5 gramas, diariamente caso exista algum problema de saúde. Pessoas saudáveis podem usar o quanto considerarem mais conveniente, o importante é a regularidade, que o açafrão-da-terra faça parte da rotina alimentar.

Como consumir

Quando a pessoa adquire a raiz inteira a orientação é usar as rodelas no suco, ralado na salada ou na preparação de outros pratos. Use o tempero em pó à vontade em sopas, pães, bolos, biscoitos, omeletes, tapiocas, e também em aves, carnes e cozidos, legumes, arroz, feijão, ervilha, etc. A versão em pó também pode ser utilizada em sucos.

Por ser um pó, não é bom consumir o açafrão a seco, polvilhado na salada, por exemplo. Isto porque há maior risco de engasgue. Ele pode ser misturado em qualquer tipo de líquido, como no preparo dos alimentos ou na confecção de molhos para salada. Vale misturar com azeite, óleo de coco, maionese, leite, iogurte, manteiga, etc.

Combinações

É interessante combinar a cúrcuma com a pimenta do reino a fim de aumentar a biodisponibilidade (absorção). A pimenta do reino é rica em um flavonoide chamado piperina, que aumenta a absorção de outros nutrientes. O curry é feito com cúrcuma e pimenta, e também pode ser incorporado no dia a dia.

leite dourado

A bebida tem como principal ingrediente a cúrcurma, também conhecida como açafrão, uma especiaria bastante tradicional na Ásia, mas não tão comum no Brasil, que vai garantir a coloração diferente e dourada do leite. O tempero é a base de todas as preparações que podem contar com leite de coco ou amêndoas, mel, gengibre, canela e outros complementos, dependendo da receita.


Benefícios do leite dourado

Graças à curcumina presente na cúrcuma, o leite dourado traz inúmeros benefícios para a saúde e beleza. Anti-inflamatória, a bebida ajuda a limpar o organismo ao eliminar toxinas que podem causar gases ou inchaço, além de ser considerada um remédio natural contra doenças e incômodos simples, como resfriados e cólicas, por exemplo, por causa de suas propriedades analgésica, antibacteriana, antioxidante, antialérgica e antiespasmódica.

Condições mais graves também podem ser combatidas com o consumo da bebida, já que estudos indicam que a cúrcuma tem poder de evitar câncer, diabetes e doença de Alzheimer. A especiaria dourada ainda contribui para a beleza da pele combatendo o envelhecimento precoce, melhora a digestão e proteger o fígado. Aliado da dieta, o alimento regula o metabolismo, reduz as gorduras acumuladas no corpo e trabalha a recuperação muscular, essencial para quem pratica esportes.

Receita de leite dourado
Ingredientes:
1 copo de leite de coco ou amêndoas
½ colher de sopa de cúrcuma em pó
½ colher de sopa de gengibre em pó
¼ de colher de sopa de cardamomo em pó
1 colher de sopa de mel
Modo de preparo:
Para fazer a bebida termogênica que ajuda a emagrecer basta colocar todos os ingredientes em um pote com tampa, fechar e misturar bem por cerca de dois minutos. Passe pelo coador e pronto. Como o leite pode ganhar variações com trocas de complementos, uma indicação de especialista pode ajudar a acertar nas substituições e garantir ainda mais benefícios.

FONTE

http://amigosdacura.ning.com/group/curadocancer/forum/topics/curcuma-ou-acafrao

http://nutricaojoyce.com.br/beneficios-do-acafrao-curcuma-longa-para-a-saude

http://nutricaojoyce.com.br/beneficios-do-acafrao-curcuma-longa-para-a-saude

http://www.minhavida.com.br/alimentacao/tudo-sobre/18799-acafrao-da-terra-e-aliado-do-cerebro-e-ajuda-na-perda-de-peso

http://mdemulher.abril.com.br/dieta/maxima/acafrao-ajuda-a-eliminar-as-celulas-gordurosas-e-queima-ate-4-kg-em-21-dias

vix